segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Retrospectiva 2011

O último dia de 2010 começou cumprindo uma promessa daquele ano - realizar um desejo muito antigo, e que não poderia de jeito nenhum adiá-lo para o próximo ano - andar de bicicleta. Simples assim, mas que transformou de vez o ano seguinte, 2011. Parece ser uma coisa boba, sem graça, mas quando a gente quer muito uma coisa e consegue, a gente ganha no pacote satisfação, liberdade e um desejo delicioso de realização. E assim foi quando, pouco a pouco, várias barreiras foram quebradas em relação à vida pessoal e profissional, a mundanças inesperadas e ao fato de entender o que é mergulhar de vez nas situações que até então eram inesperadas. Casei, saí do antigo trabalho, abri uma empresa, fui para o exterior, aprendi que viajar para longe ou para perto, mudar situações para melhor, depende muito mais de vontade do que de qualquer outra coisa. Pela primeira vez dei um tempo no flamenco, e quando achei que o gás tinha acabado em dezembro, eis que a vontade de dançar me tomou de novo, com o desejo de conseguir o que até hoje ainda não consegui - dançar direito - e que já se transformou numa promessa e meta até 2013. Afinal, fazendo parte de um grupo consegui ir mais além do que jamais conseguiria ir sozinha, e assim nos apresentamos em situações divertidas e que sempre aproximam as amizades, como Camboriu, Capinzal e o prêmio sensacional do festival de Joinville.

Parentes se foram, fazendo-me relembrar muito da infância e de um passado que, apesar de não mais voltar, a gente pode tentar resgatar o que de melhor havia nele. Uma relação familiar complicada há um tempo, porém necessária para respeitar e fazer-se respeitar, está aos poucos melhorando e voltando ao que era.

Jack Daniels e eu nos acertamos, e hoje ele é o meu cão querido e tão amado quanto a Tequila, que vem acrescentar diversão e vida à minha nova casa com o Artur e o Ítalo, família que escolhi como minha.

Aprendi, enfim, que minha religião é a liberdade, a felicidade e o amor.



Feliz 2012, e meu desejo é apenas força de vontade para escrever nas linhas de cada dia a melhor história do mundo!